CINEMATECA RECEBE VISITA DO ARQUITETO NELSON DUPRÉ E GRUPO DE ESTUDANTES

 

Nessa terça-feira (01/10), a Cinemateca recebeu a visita de um grupo de estudantes do curso de arquitetura do Mackenzie e de Nelson Dupré, arquiteto responsável pelo projeto de finalização do restauro e adaptação arquitetônica do complexo de galpões da Cinemateca. O grupo conheceu os edifícios tombados e de arquitetura original preservada, que hoje são tombados como patrimônio histórico da cidade de São Paulo.

Implantada desde 1992, no antigo matadouro municipal de São Paulo, obra do arquiteto Alberto Kuhlmann, foi construído em 1884. A Cinemateca Brasileira utiliza os edifícios remanescentes do “núcleo histórico” do antigo Matadouro, restaurados e adaptados às suas necessidades, tais como: centro de documentação, áreas de apoio, sanitários e salas de cinema e de eventos. Além das antigas edificações, no terreno de 24.000 m2, situado no largo Senador Raul Cardoso foram construídas outras instalações específicas das atribuições da Cinemateca: laboratórios de restauro de filmes, depósitos, arquivos de matrizes e áreas administrativas.

O projeto preserva a forma original e evidencia as alterações verificadas na construção ao longo do tempo, tais como: as paredes com tijolo aparente e um trecho dos trilhos que traziam os animais para o matadouro, descobertos durante as obras.