Nota de falecimento – Bibi Ferreira (1922-2019)

 

 

Poster do filme Almas adversas (1949), protagonizado por Bibi Ferreira.

A Cinemateca Brasileira lamenta o falecimento da atriz, cantora, compositora e diretora Bibi Ferreira. Filha do ator Procópio Ferreira e da bailarina Aída Izquierdo, iniciou sua carreira com apenas 20 dias de idade, na peça Manhãs de Sol, substituindo uma boneca que desaparecera horas antes do espetáculo. Atuou nos filmes Cidade Mulher (1936), A Moreninha (1945), Fim do Rio (1947), Almas adversas (1949), Marquesa de Santos (1984), Flávio Rangel – O Teatro na Palma da Mão (2011), entre outros. Trabalhou com Carmem Miranda, teve dicas de canto com Noel Rosa e era uma das mais consagradas artistas brasileiras, considerada a primeira-dama do nosso teatro. Fez sua turnê de despedida, aos 95 anos, com o espetáculo Bibi – Por Toda Minha Vida, só com músicas brasileiras. Aos familiares e amigos, nossos pêsames.